Agência de Comunicação da UFSC
  • Comunicação das Universidades sofrerá alterações durante período eleitoral

    Publicado em 25/06/2018 às 13:31

    O que é liberado e vedado nas divulgações de notícias. Confira a apresentação completa aqui.  (Fonte: Secom/Governo Federal)

    A partir de 7 de julho de 2018, quando começa o período eleitoral no Brasil, os meios de comunicação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), assim como de todas as Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes) do país, deverão seguir determinadas diretrizes de divulgação, em respeito às Instruções Normativas nº 1 e 2, da Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República. A medida terá efeito até 7 de outubro, caso se encerre o período eleitoral em primeiro turno, ou até 28 de outubro em caso de segundo turno.

    De acordo com as Instruções Normativas, elaboradas a partir da legislação eleitoral, o conceito de publicidade engloba toda ação de difusão de informação, inclusive os conteúdos noticiosos. Na edição deste ano, as orientações estão mais rigorosas nesse sentido.

    A medida afeta a veiculação de notícias no site de Notícias da UFSC, o Divulga UFSC, o Calendário de Eventos, as redes sociais institucionais (Facebook, Twitter, Instagram e YouTube), a TV UFSC, entre outros. Páginas de Centros de Ensino, Departamentos, Programas de Pós-Graduação e setores administrativos também deverão obedecer às normas, uma vez que estão sob o domínio ufsc.br.
    Continue a leitura » »


  • UFSC recebe José Hamilton Ribeiro, o jornalista da voz e estilo únicos

    Publicado em 13/08/2018 às 13:30

    José Hamilton Ribeiro chegou à Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em Florianópolis, com uma bagagem pequena nas mãos e carregando um currículo com mais de 60 anos de profissão. Grandes trabalhos jornalísticos que trazem muita sensibilidade, simplicidade, humildade, ética, respeito, características que tornam este profissional singular em tudo que faz.

    Por onde passou foi notado sem se fazer notar. Quando não era reconhecido pela fisionomia, a voz lhe denunciava, trazendo à lembrança as manhãs de domingo em que o Globo Rural transmite suas reportagens sobre a realidade do interior do Brasil.

    O profissional de imprensa mais experiente em atividade nos meios de comunicação do Brasil esteve na UFSC para aula inaugural do curso de Jornalismo, nesta sexta-feira, 10 de agosto, no Auditório Henrique Fontes do Centro de Comunicação e Expressão (CCE). Na agenda, relançou uma versão atualizada do seu “Música Caipira – As 270 maiores modas” e a biografia “O jornalista mais premiado do Brasil – a vida e as histórias do repórter José Hamilton Ribeiro”, escrita pelo jornalista Arnon Gomes, de Araçatuba (SP). O evento foi uma promoção conjunta da Agência de Comunicação (Agecom) e do Departamento de Jornalismo, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu).
    Continue a leitura » »


  • Livro conta a história do jornalista mais premiado do Brasil

    Publicado em 06/08/2018 às 16:50

    Arnon Gomes, autor do livro “O jornalista mais premiado do Brasil”, ao lado do jornalista José Hamilton Ribeiro, cuja obra foi inspirada. Foto: Divulgação

    Sete prêmios Esso, o mais importante da imprensa brasileira. O único jornalista brasileiro que esteve nos campos de combate da Guerra do Vietnã, em 1968. Um dos fundadores do Globo Rural, programa de tevê onde brilha até hoje, no alto de seus 82 anos de idade, sendo, talvez, o profissional de imprensa mais experiente em atividade nos meios de comunicação do Brasil.

    Este personagem é José Hamilton Ribeiro, cuja biografia, O jornalista mais premiado do Brasil – a vida e as histórias do repórter José Hamilton Ribeiro, foi escrita pelo jornalista Arnon Gomes, de Araçatuba (SP). Em Florianópolis, o lançamento, que está a cargo da Livraria Livros&Livros, acontece no dia 10 de agosto, 14h30, no Auditório Henrique Fontes, Centro de Comunicação e Expressão da UFSC, e é uma promoção conjunta da Agência de Comunicação (Agecom) e do curso de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu).

    A obra, que será lançada durante a Aula Inaugural do curso de Jornalismo e terá a participação do próprio José Hamilton Ribeiro, é resultante de um TCC (Trabalho de Conclusão de Curso), quando Gomes ainda era estudante universitário de jornalismo. A biografia começa contando a história do menino nascido na pequena Santa Rosa de Viterbo, que, desde cedo, demonstrava vocação para o jornalismo e a literatura. Para estudar, morou em Casa Branca, São Simão, Ribeirão Preto e Franca. Em São Paulo, consagrou-se jornalista, passando pela Folha de S. Paulo, Quatro Rodas, Veja e a mítica revista Realidade, última palavra em matéria de jornalismo em revista no Brasil. Foi por essa publicação que se tornou um nome nacional, ao cobrir a Guerra do Vietnã, onde perdeu parte da perna esquerda ao pisar numa mina terrestre. Durante a ditadura militar, modernizou a imprensa do interior de São Paulo. E, desde o início dos anos 1980, trabalha na Rede Globo.
    Continue a leitura » »


  • Vencedor de sete prêmios Esso, José Hamilton Ribeiro vem a Florianópolis

    Publicado em 02/08/2018 às 15:41

    Simples como café com pão e manteiga do interior, espirituoso com a própria tragédia (mais difícil do que ser repórter como uma perna só é ser repórter com quatro) e um JORNALISTA, assim mesmo, em caixa alta.

    Esse é José Hamilton Ribeiro, vencedor de sete prêmios Esso, e que vem a Florianópolis no dia 10 de agosto para a Aula Inaugural do segundo semestre do curso de Jornalismo da UFSC. Vai aproveitar a agenda e relançar uma versão atualizada do seu “Música Caipira – As 270 maiores modas”, livro publicado pela Editora Realejo.

    O evento, que será realizado a partir das 14h30min no Auditório Henrique Fontes, no Centro de Comunicação e Expressão da Universidade Federal de Santa Catarina, é uma promoção da Agência de Comunicação (Agecom) e do curso de Jornalismo e da UFSC, e conta com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa e Extensão Universitária (Fapeu).
    Continue a leitura » »


  • Professores da UFSC emitem nota em defesa da liberdade de expressão e autonomia universitária

    Publicado em 02/08/2018 às 11:30

    Os professores do Departamento de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), reunidos em Colegiado, no dia 30 de julho de 2018, manifestaram em nota publicada nesta quarta-feira, 1º de agosto, repúdio a atos de agentes públicos que ferem dois direitos fundamentais tão duramente consagrados na constituição: a liberdade de expressão e a autonomia universitária.

    Leia a nota na íntegra.


  • Encontro de Colégio de Gestores de Comunicação das Universidades Federais será realizado de 22 a 24, na Unila

    Publicado em 30/07/2018 às 11:45

    O 3° Encontro do Colégio de Gestores de Comunicação das Universidades Federais (COGECOM) será realizado nos dias 22, 23 e 24 de agosto, na Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA), em Foz do Iguaçu (PR). Para o evento estão programadas mesas-redondas, conferências e workshops com o objetivo de debater os principais problemas das instituições e apresentar cases e soluções para as questões relativas ao trabalho nas unidades de Comunicação das Instituições Federais Ensino Superior (IFES).
    Continue a leitura » »


  • Ubaldo Cesar Balthazar é nomeado Reitor da UFSC na capital do Brasil

    Publicado em 28/07/2018 às 14:00

    Ministro da Educação, Rossieli Soares da Silva, assina termo de posse do novo reitor da UFSC, Ubaldo Cesar Balthazar. Foto: Luís Fortes/MEC

    Os momentos difíceis aos poucos estão sendo superados, jamais esquecidos. Esta frase sintetiza o sentimento preponderante na jornada que levou o professor Ubaldo Cesar Balthazar a se tornar, oficialmente, Reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Passado, presente e projetos para o futuro permearam a cerimônia de posse realizada na última sexta-feira, 27 de julho, no final da manhã, na Sala de Cristal, no Ministério da Educação (MEC), em Brasília (DF). O ato, em contraste com a formalidade exigida, destacou-se pela alegria, outro sentimento que a UFSC quer recuperar para dar início a um novo capítulo de sua história.
    Continue a leitura » »


  • UFSC Blumenau avalia reestruturação de cursos, turnos e oferta de novos mestrados e doutorado para 2019

    Publicado em 25/07/2018 às 12:30

    Quatro anos instalada na cidade de Blumenau, celebrado em 17 de março deste ano, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) está presente na terceira maior cidade catarinense e em um dos principais polos industriais no estado. Inserido na cultura local, o Campus Blumenau planeja para este segundo semestre a reestruturação da unidade com um debate em torno dos cursos ofertados e na perspectiva de verticalização do ensino.

    Atualmente, a unidade oferta cinco cursos de graduação, sendo três engenharias (Controle e Automação, Materiais, Têxtil) e duas licenciaturas (Matemática, Química), uma especialização em Educação Escolar Contemporânea e dois mestrados profissionais realizados em Rede Nacional (Matemática, Ensino de Física), envolvendo 1.156 estudantes com um quadro profissional de 102 professores e 52 técnico-administrativos em Educação. Concebido na linha das ciências exatas, o Campus Blumenau oferece cursos gratuitos em período integral (manhã e tarde) e à noite. A escolha dessa área de atuação envolveu a sociedade e representam a tendência de expansão e consolidação da UFSC em Blumenau.

    Ao observar e vivenciar a cultura local, a unidade sinaliza que dois fatores precisam ser rediscutidos para melhor o atendimento à população. “Precisamos, permanentemente, repensar os processos, analisar o ingresso e a saída dos estudantes e o que se produz nesse movimento. Uma Comissão será criada nos próximos meses para rediscutir os cursos de engenharias e licenciaturas, como também a possível alteração de turnos e alguns cursos”, planeja João Luiz Martins, diretor do Campus Blumenau.

    Novos cursos ou novas áreas do conhecimento e alteração de turno visam atender à população local, mas também à parcela de estudantes que vêm de outros estados para estudar na UFSC. Atualmente, 30 a 40% dos estudantes da UFSC são da região, nesse mapa, o corpo discente está aberto para o país. “O futuro sinaliza para rediscutir o campus e criar áreas do conhecimento para atender além da região, mas o país como um todo. Aperfeiçoar o campus é olhar para a expansão, pois não existe consolidação sem pensar a expansão”, argumenta Martins.
    Continue a leitura » »


  • Reitor concede coletiva de imprensa e destaca criação de Portal da Transparência UFSC

    Publicado em 24/07/2018 às 19:40

    A posse oficial do professor de Direito Ubaldo Cesar Balthazar no cargo máximo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) será realizada nesta sexta-feira, 27 de julho, às 11h, em Brasília, no Gabinete do Ministro da Educação. Para o reitor, a ratificação de seu nome pelo MEC, após ser escolhido pela comunidade universitária em consulta realizada em abril deste ano, significa a consolidação de um processo tão importante na medida em que lhe coube, por uma série de circunstâncias, ser eleito e empossado por mais quatro anos (2018-2022).

    “Qualquer professor com mais de 40 anos de magistério se sentiria gratificado em ser reitor da Universidade, faz muito bem para o ego, porém é muito mais que uma mera satisfação pessoal, é vencer mais uma etapa do longo processo de recuperação da nossa autoestima que foi tão prejudicada com a tragédia de 2017”, destacou o reitor. E neste sentido, a comunidade universitária pode esperar de sua administração “por meio de ações e projetos, que a UFSC supere o trauma e trabalhe para que não aconteça mais”.

    Ubaldo observou que a transparência irá fazer toda a diferença quando da posse de uma nova administração, e deu ênfase a criação e a manutenção de um portal da UFSC para esta finalidade, que congregará a totalidade das informações da instituição.
    Continue a leitura » »


  • UFSC divulga em Araranguá resultado do Vestibular 2018-2 e os 10 primeiros colocados no concurso

    Publicado em 21/07/2018 às 10:00

    Luna (dir.), Bruna (centro) e Mariana comemoram juntas a amizade e a aprovação no curso de Medicina em Araranguá

    “Eu não acreditei, me ligaram e achei que era um trote, pensei em retornar a ligação pois ainda desconfiava que era uma brincadeira”, disse Bruna Cunha Sardá, 20 anos, de Florianópolis, que estava na relação dos 10 primeiros classificados no Vestibular UFSC 2018-2. Na quinta tentativa, ela se superou e conseguiu uma vaga para o novo curso de Medicina da Universidade Federal de Santa Catarina, campus Araranguá, com quase 7 mil inscritos. Assim como sua conquista, sua expectativa é bem alta, e ao ler sobre o curso ficou ainda mais interessada já que a proposta integrada é bem diferente da convencional.

    A alegria de Bruna foi ainda maior quando duas de suas amigas de estudo, Luna Lorenzo Finotti, de 26 anos, e Mariana Wollinger Berri, de 19 anos, também foram aprovadas. Luna não sabia que ia passar, mas tinha certeza que suas amigas seriam aprovadas. As estudantes irão se matricular, pois acreditam que por ser uma universidade federal terão mais oportunidades, ou como o próprio slogan do Vestibular diz, “um mundo de possibilidades”.
    Continue a leitura » »


  • Vestibular de julho da UFSC movimenta mais de 9 mil inscritos em clima de tranquilidade

    Publicado em 10/07/2018 às 18:00

    Maria Luiza Ferraro preside a Coperve, que é a organizadora do Vestibular da UFSC. Foto: Jair Quint/Agecom/UFSC

    As tardes do último final de semana e desta segunda-feira em Florianópolis e no interior do estado, além de frias foram movimentadas para mais de 9 mil pessoas que realizaram as provas do Vestibular UFSC 2018-2 e as mais de mil que trabalharam no concurso. No dia seguinte, dia 10, Santa Catarina amanheceu com a temperatura mais baixa e a Comissão Permanente do Vestibular (Coperve) – organizadora de todo o concurso – iniciou uma nova etapa de processamento das informações a fim de trazer o resultado, o mais rápido possível, à sociedade. O trabalho atual concentra-se na avaliação das pontuações mínimas em cada disciplina – ponto de corte – e na correção da Redação e das questões discursivas.
    Continue a leitura » »