Orientações para ações de comunicação durante processos eleitorais internos

22/09/2020 14:18

A Agência de Comunicação (Agecom) da UFSC recomenda aos Agentes de Comunicação, bem como ao público interno, que trabalha com a divulgação dos Centros de Ensino, Departamentos, e campi a cautela na comunicação setorial em períodos em que se realizam processos eleitorais na instituição. Assim como a Agecom lida com a comunicação durante os processos de escolha de reitores, recomendamos que os setores, especialmente os Centros de Ensino, observem o respeito aos princípios da Administração Pública nos períodos eleitorais – em especial o princípio da Impessoalidade.

Recomenda-se que os Centros evitem a comunicação com peso especial para este ou aquele candidato nas redes sociais e páginas institucionais. Um exemplo é a cobertura de notícias durante o processo eleitoral de escolha de reitores. Nesse período, a Agecom costuma produzir uma página com informações padronizadas de cada um dos candidatos (veja um exemplo de 2018) e concentra a comunicação institucional no processo eleitoral: qual a composição da comissão eleitoral, cronogramas, matérias sobre o processo de votação (datas, horários, locais, urnas). O peso da representação de cada segmento da comunidade (se existir), quem está habilitado a votar. 

Em relação às candidaturas, quando houver mais de uma chapa, a orientação é que se procure sempre garantir a isonomia entre os candidatos. Por exemplo, pode-se divulgar algum evento, como um debate com a participação de todos os candidatos. Se forem feitos perfis dos candidatos, o ideal é que todos tenham as mesmas perguntas ou informações básicas. Em suma, buscar um equilíbrio de oportunidades e visibilidade para todas as candidaturas.

Recomendamos, ainda, que se evite envolver-se na organização de campanhas eleitorais, e que não se utilizem os canais institucionais para eventos de uma única candidatura, mesmo que o assunto abordado não seja de cunho eleitoral. Se for somente uma chapa concorrendo, pode-se aprofundar um pouco mais as propostas e projetos daquela candidatura.

Divulgação Científica: como fazer (você mesmo) um bom vídeo

15/09/2020 23:15

A Agência de Comunicação da UFSC tem como um de seus grandes objetivos estratégicos ajudar a levar a ciência produzida na UFSC para além de nossos campi. Para isso, trabalhamos com vários materiais de divulgação científica. Produzimos vídeos, revistas, matérias de jornalismo científico, podcasts…

Preparamos aqui um breve guia com algumas dicas rápidas para ajudar você, que deseja fazer um bom vídeo de divulgação científica. Vamos começar?

Conheça o seu gênero de vídeo

Antes de começar a fazer seu próprio vídeo, acesse materiais de quem faz vídeos desse gênero … YouTubers e divulgadores de iniciativas voltadas à Ciência. Uma dica valiosa é conhecer o Science Vlogs Brasil (canal que reúne vários outros canais de ciência no YouTube). 

O seu vídeo começa em um bom roteiro

Depois de conhecer alguns vídeos e ter uma ideia do que te atrai, com qual estilo você se identifica, chegou a hora de botar a mão na massaEscreva como será o vídeo, parte por parte. Se já tiver um texto em mente, escreva também. Planeje tudo!

No momento do roteiro, pergunte-se algumas coisas, e comece a criar:

  • Você vai falar olhando diretamente para a câmera ou vai entrevistar alguém?
    • Se vai entrevistar, como será esse vídeo de entrevista? Você pode enviar as perguntas para a pessoa e pedir que ela grave as respostas para você, com o celular (sempre na horizontal). Ou pode ainda fazer uma videochamada e gravar essa interação, pelo Google Meet, ou Zoom, por exemplo. A UFSC oferece alguns acessos especiais a ferramentas do Google e Microsoft que podem ser úteis. Uma dica para gravar seu vídeo de uma dessas plataformas é usar o OBS (Open Broadcaster Software), um programa gratuito. A Agecom até já fez um tutorial, voltado aos participantes da Sepex 2020. A Agecom tem uma série de vídeos de entrevistas, com cientistas que abordam diferentes aspectos de um assunto central. Conheça o UFSC Explica.
    • Se você vai falar olhando diretamente para a câmera, prepare bem o ambiente. Crie um local bem iluminado, sem que sua imagem tenha sombra no seu rosto, e com um fundo atraente, com profundidade. Pode ter uma estante de livros, ou um local arborizado, planeje, teste. Evite improvisos. Lembre-se também de cuidar do local onde estará sua câmera. Ela deve ficar sempre na altura dos seus olhos, em um local firme.
  • Além das imagens de pessoas falando, prepare imagens de apoio. São fotos, vídeos, animações que servirão para “quebrar” a monotonia de se mostrar a mesma imagem de uma pessoa falando para a câmera. 
  • Que tipo de sons você vai usar? 
    • Um vídeo é uma combinação de imagens e sons… então, pense bem sobre isso. Escolha uma trilha sonora, se for o caso, ou grave sons da natureza. Se escolher trilhas da internet, use sites royalties free. Uma boa dica é usar a Biblioteca de Mídias que o YouTube oferece.
    • Outra opção é usar imagens históricas para ilustrar sua explicação, ou mesmo ilustrações ou animações, usando a sua voz como narrador. A isso, chamamos de off. Outra ideia que pode funcionar é efeitos sonoros, como uma campainha, ou som de uma pessoa digitando uma pergunta, por exemplo. Tente usar sempre imagens e sons que não tenham royalties, pois as plataformas como o YouTube ou o Facebook costumam bloquear vídeos que contenham partes de músicas, por exemplo. Use bancos de imagens gratuitas, com licenças Creative Commons, de preferência.

Hora de produzir e filmar o seu vídeo

Prepare o seu cenário, iluminação, cuide do seu visual, com enquadramento ideal, sempre com a câmera posicionada à altura dos seus olhos. Se você vai ser filmado pela câmera do computador, eleve-o com livros ou qualquer coisa que dê ao seu vídeo o enquadramento ideal. Vai filmar com o celular? Use um tripé ou apoie-o também em algo firme e que fique na altura correta. Vai entrevistar alguém? Tenha o mesmo cuidado com o(a) seu(a) entrevistado(a). 

Cuide também da captação do áudio:

  • Se possível, use um microfone de lapela (é baratinho, acredite!) ou, se não for possível, um fone de ouvido desses que vem com o telefone celular, já serve! Desde que o microfone fique perto da sua boca, para fazer uma boa captação de áudio. E sempre antes de começar pra valer, faça um teste para ter certeza que está tudo funcionando bem.

Dicas importantes de filmagem:

  • Se for filmar com o celular, posicione-o sempre em posição horizontal (cuidado com a firmeza da câmera, melhor usar um tripé ou apoio que pedir para alguém segurar o celular para você). 
  • Certifique-se que gravou todas as falas corretamente. Se algo não ficou como você queria, repita, a filmagem. Se o(a) seu(a) entrevistado(a) disse algo que não ficou claro, refaça a pergunta, para que ele(a) explique melhor. 
  • Perceba se as frases estão completas, quando for repetir algo, repita desde o início, para que não fique depois uma edição “picotada” demais. Também facilita a edição se você pausar por alguns segundos antes de recomeçar a falar. 
  • Atenção para as cores das roupas que você está usando e o seu entorno. Use cores claras, de preferência, e se for usar estampas, que sejam discretas. Evite listras. 
  • Evite usar termos marcadores de tempo, como “ontem”, “hoje”, “semana que vem”. Lembre-se que você não quer “envelhecer” o seu vídeo. Se for usar referências, fale de datas completas “maio de 2020”, ou algo assim, sempre tentando simplificar para o seu público. 

Partiu edição!

Existem muitas opções de programas simples de edição, que facilita muito para qualquer um que queira se aventurar! Entre as opções mais comuns estão o Adobe Premiere Pro (mais usado, pago), iMovie (para computadores da Apple), Windows Movie Maker. Aplicativos mais modernos e recentes são comuns pela internet, tanto para computadores, como para telefones celulares. O próprio YouTube oferece alguns recursos interessantes de edição. Comece pelos gratuitos e vá experimentando. 

Algumas dicas importantes:

  • Assista a muitos vídeos para entender como deve ser a “pegada” da sua edição, e te inspirar com ideias para o seu vídeo. A UFSC tem vários vídeos de divulgação científica que você pode conhecer para tirar algumas ideias de materiais simples e eficazes. A série Traduzindo Ciência é um exemplo! Vai conhecer!
  • Um bom roteiro ajuda muito na hora de editar. Então capricha lá no início que o final será mais simples. 
  • Evite picotar demais! Alguns vícios de linguagem dão naturalidade para a conversa, outros acabam por enrolar demais e deixar o vídeo muito longo. Na dúvida, corte apenas quando realmente for necessário… aos poucos você aprende o que vale a pena deixar, e o que é melhor tirar. 
  • Lembre-se daquela ideia inicial, e prefira manter as falas que realmente importam para o objetivo do vídeo. O que for demais, tire.
  • Um vídeo eficaz é um vídeo curto e que vá direto ao ponto.
  • Lembre-se de mesclar imagens das entrevistas ou das apresentações com outras ilustrações… volte ao seu roteiro para essas informações.
  • Use sons, música para dar leveza ao seu material.
  • Considere usar legendas, para facilitar a acessibilidade do seu material. 

Depois de tudo pronto, publique!

Lembre-se de colocar a ficha técnica, reconhecendo todos os envolvidos no projeto, e na hora de escolher o título, use algo atraente, chamativo e simples! Lembre-se que não é um artigo para seus pares e sim um vídeo para leigos, para atrair um público que quer aprender sobre o que você estuda. Atraia esse público com títulos curtos e com palavras do dia a dia.

Por exemplo… ao invés de algo técnico sobre produção de vídeos… como “Técnica audiovisual para popularização científica”, prefira “Vídeos para fazer você gostar de ciência”!

Foco no seu objetivo

É importante lembrar que divulgar ciência é um dever do cientista e um direito da população. Além disso, é uma atitude necessária e democrática. Como cientista você tem o voto de credibilidade do seu público, e agora, por meio da divulgação do seu trabalho para as grandes audiências, terá a sua atenção. Cative seu público com um pouco de humor, traga aspectos da vida de cientista que humanize seu trabalho. Fale das experiências que deram certo e das que deram errado. Produza imagens dentro de laboratório, ou durante pesquisas de campo. Essas serão úteis para suas imagens de apoio e mostrarão sua ciência em ação. 

Uma dica interessante é usar imagens de ciência que possam ilustrar seu trabalho de forma criativa. Animações, ilustrações, stop motion, ou simplesmente imagens como estas, do Museu de História da Ciência em Genebra, por exemplo, podem ajudar. 

 

Boa sorte, e bom trabalho!

 

 

Fonte: Curso Introdução à divulgação científica – Fiocruz

Nota Oficial: sobre a campanha ‘o cara do cartaz no RU’

13/03/2020 19:48

A Agência de Comunicação da Universidade Federal de Santa Catarina (Agecom/UFSC) é o órgão responsável por veicular campanhas institucionais com o intuito de informar e chamar atenção para questões importantes para a nossa comunidade universitária.

Foi nesse espírito que concebemos a campanha “O cara do cartaz no RU”, em meio à nossa comunicação institucional a respeito dos cuidados que devem ser tomados frente à pandemia da Covid-19. Nossa intenção foi chamar a atenção da comunidade sobre a importância de cuidados simples para evitar a transmissão de doenças.

Tomamos a decisão de retirar a campanha, por entender que elas ofenderam algumas pessoas e essa não foi a nossa intenção. O que queremos é que nossa comunidade se conscientize do papel de todos nós em cuidar da saúde um do outro, principalmente neste momento delicado que o mundo está vivendo.

Mayra Cajueiro Warren
diretora da Agecom/UFSC

Agecom lança Manual de Boas Práticas em Mídias Sociais da UFSC

11/12/2019 11:26

A Agência de Comunicação (Agecom) da UFSC lança, neste mês de dezembro de 2019, um Manual de Boas Práticas em Mídias Sociais. A publicação é de leitura on-line e destina-se àqueles servidores que fazem gestão de redes sociais para seus laboratórios, departamentos, Centros de Ensino, ou mesmo setores administrativos como Secretarias e Pró-Reitorias na instituição. O objetivo é fornecer subsídios para unificar a linguagem da Universidade em todas as plataformas nas quais a UFSC se faz presente.

“Entendemos que a Agecom não tem condições de gerenciar todos os perfis de redes sociais nas quais a UFSC se apresenta à sociedade, mas é nosso dever instruir as pessoas que o fazem, para alinhar nosso discurso e unificar a voz da instituição”, salienta Pipo Quint, coordenador de Comunicação Organizacional e Novas Mídias da Agecom. O material é de linguagem fácil e abrangente e traz reflexões e dicas importantes para quem gerencia os perfis nas redes.

“É a primeira vez que publicamos um Manual para mídias sociais, e esperamos, com isso, atender uma demanda grande que temos aqui na UFSC, que é orientar sobre a postura correta que cada perfil institucional deve ter. Cada setor que decide criar um perfil institucional deve estar preparado para representar a instituição com seriedade, responder com rapidez, atentar para a veracidade das informações e estar alinhado com a linguagem utilizada nos perfis oficiais da UFSC nas redes sociais”, complementa Mayra Cajueiro Warren, diretora da Agecom.

A UFSC atualmente possui perfis oficiais no FacebookInstagramLinkedInTwitter e YouTube. Todos os perfis oficiais são geridos pela Agecom.
O Manual pode ser baixado em formato PDF por meio do link.

Tags: agecomAgentes de Comunicação UFSCufscUniversidade Federal de Santa Catarina

‘Vida UFSC’: nova série de vídeos retrata o cotidiano na universidade

04/12/2018 14:14

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) é constituída e estruturada por pessoas. Técnicos, docentes, estudantes e funcionários terceirizados que dedicam parte significativa de suas vidas ao desenvolvimento e fortalecimento da instituição.

O Projeto Vida UFSC, desenvolvido pela Agência de Comunicação da UFSC (Agecom), nasceu com o propósito de demonstrar um pouco da construção coletiva da Universidade: o cotidiano, a rotina, o trabalho e a percepção das pessoas que compõem a comunidade universitária.

O objetivo é retratar um pouco da realidade cotidiana desse ecossistema educacional dinâmico e pulsante, cuja soma de esforços gera resultados para toda a sociedade.

Os vídeos podem ser acessados nas mídias sociais da UFSC e serão lançados quinzenalmente.

Conheça o Mauro Coelho, que trabalha há 34 anos na Imprensa Universitária:

Curso capacita segunda turma de Agentes de Comunicação da UFSC

03/12/2018 15:13

A capacitação formou 30 novos Agentes de Comunicação. Foto: Henrique Almeida/Agecom

O curso de Agentes de Comunicação, ministrado durante três dias (28, 29 e 30 de novembro) na sala Lantana do Centro de Cultura e Eventos, foi promovido pela Seção Comunica da Agência de Comunicação da UFSC e capacitou 30 novos agentes que irão integrar o Grupo de Trabalho que atua há mais de um ano no aprimoramento dos processos de comunicação da UFSC. A capacitação foi ministrada pela servidora aposentada, Ana Carine Garcia Montero, idealizadora do projeto, e teve o apoio do coordenador e presidente do GT, Ricardo Torres.

Capacitação foi encerrada na Agecom. Foto: Pipo Quint/Agecom

A abertura do curso contou com a participação da diretora da Agecom, Mayra Cajueiro Warren e do chefe de gabinete da reitoria, Áureo Mafra de Moraes e de alguns agentes que já integram o grupo. Na oportunidade foram destacados o papel importante que o GT de agentes vem desempenhando e os resultados significativos que alcançou no primeiro ano de atividades. “Os agentes de comunicação estão desempenhando um trabalho de mediação e aproximação dos setores que é fundamental para aprimorarmos os resultados alcançados pela Agecom”, destacou a diretora.
(mais…)

Felicidade e gratidão compuseram a cerimônia aos 130 aposentados da UFSC

29/11/2018 13:05

O momento era de emoção. Nos olhos brilhantes e nos sorrisos largos foi possível presenciar que uma nova fase se iniciava. De março a novembro de 2018, 130 servidores técnico-administrativos e docentes se aposentaram na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e, para celebrar esse conquista, a Pró-reitoria de Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (Prodegesp) realizou na tarde de quarta-feira, 28, no Auditório da Reitoria, uma cerimônia de homenagem.

Emocionada, a servidora aposentada do Departamento de Arquitetura, Vera Helena Moro Bins Ely, usou a palavra livre para falar sobre a gratidão pela universidade nestes 36 anos de trabalho. “O meu sentimento é de gratidão, pois construí uma vida aqui. Essa cerimônia é muito importante para reconhecer o trabalho e a dedicação que tivemos com essa instituição, que faz parte da minha vida e da minha família. Sou feliz com a minha aposentadoria, tenho viajado, cuidado de mim e, para 2019, vou investir na minha educação e aprender italiano. Há felicidade fora do trabalho, sejam felizes”.

O evento é realizado com o objetivo de agradecer e reconhecer a dedicação, a competência e o comprometimento dos servidores ao construírem uma universidade que é destaque no cenário nacional e internacional.

A frase ‘Sua contribuição para história da UFSC jamais será esquecida’ estava no certificado entregue aos aposentados. José Antônio do Nascimento Filho segurava o seu entre as mãos. Aos 57 anos, Nico, como é conhecido na Imprensa Universitária, se planeja para viver aquilo que almejou ainda jovem: se aposentar. “Estou fazendo o que me planejei para fazer neste momento, que é estar livre para ir ao futebol, ir à praia, viajar. Sinto pela UFSC uma grande alegria, um sentimento de prazer por ter trabalhado aqui”.
(mais…)

Tags: aposentadoriaaposentadoria UFSCaposentados UFSCcerimonia de aposentadoriaProdegespufsc

Serviços da Agecom

23/11/2018 17:07

A Agecom localiza-se ao lado do Centro de Cultura e Eventos e da Gráfica

A Agência de Comunicação (Agecom) é o setor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) responsável pela divulgação de matérias jornalísticas e de eventos no portal da UFSC, nos boletins eletrônicos Divulga UFSC e Semana UFSC, na revista UFSC Ciência e nas redes sociais FacebookTwitter e Instagram. Também responde pela Identidade Visual, pela guarda da Memória Fotográfica e pelas campanhas institucionais.


Nossos serviços:

Redação – (48) 3721-9601/9602 ou e-mail

  • Portal da UFSC e Revista UFSC Ciência

Sugestão de pautas, pedidos de divulgação de eventos e publicação de matérias no site oficial ufsc.br
Público-alvo: comunidade interna e externa
Acesse o Formulário de divulgação no site

  • Atendimento à imprensa

Repasse de fontes (especialistas que tratam de temas do cotidiano local e nacional) à imprensa externa.

  • Guia de Fontes

Inserção do(a) pesquisador(a) no Guia de Fontes, o qual disponibiliza servidores docentes, técnico-administrativos em Educação e alunos de pós-graduação da UFSC.

  • Agentes de Comunicação/Seção Comunica

Assessoria aos setores da instituição nos seus processos de comunicação organizacional.


(48) 3721-9601 ou e-mail

  • Mídias Sociais

E-mail:
Público-alvo: comunidade interna

  • Divulga UFSC

E-mail:
Público-alvo: comunidade interna
Acesse o Formulário de divulgação

  • Semana UFSC

E-mail
Público-alvo: imprensa


(48) 3721-4558

  • Identidade Visual e campanhas institucionais

E-mail:
Público-alvo: comunidade interna


(48) 3721-9233

  • Serviço de Clipagem (física e eletrônica) e disponibilização de material da UFSC para pesquisa

Público-alvo: comunidade interna e externa


(48) 3721-2818

  • Memória Fotográfica (Acervo)

Público-alvo: comunidade interna e externa

(mais…)

Agecom apresenta nova marca da Biblioteca Universitária

23/11/2018 16:00

Nesta quinta-feira, 22 de novembro, no evento em comemoração aos 50 anos da Biblioteca Universitária (BU/UFSC), a coordenadora de Design e Programação Visual da Agência de Comunicação (CDPV/Agecom), Audrey Schmitz Schveitzer, apresentou a nova marca gráfica da Biblioteca. Os servidores puderam acompanhar no auditório Elke Hering o processo de criação que tomou como base o trabalho conceitual desenvolvido pelo Laboratório de Orientação da Gênese Organizacional (Logo), ligado ao curso de Design da Universidade. Além disso, buscou relacionar a nova marca tanto com a anterior como com a Identidade Visual da instituição, potencializando assim a sua identificação com os servidores e os usuários do setor.

O desenvolvimento do projeto ocorreu a partir de reuniões, intercaladas com rodadas de criação, com a Comissão de Comunicação da BU e com os participantes do Logo, a fim de apresentar o andamento do projeto e trocar impressões sobre as alternativas geradas. O intuito da Agecom foi tornar o processo participativo do início ao fim.
(mais…)

UFSC recebe Prêmio IMPAR 2018 como marca mais lembrada no Estado e na Grande Florianópolis

21/11/2018 13:30

A diretora da Agecom, Mayra Cajueiro Warren, representou a UFSC durante a premiação. (Foto: Divulgação)

A Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) recebeu duas premiações como a marca mais lembrada na categoria Faculdade ou Universidade no Estado de Santa Catarina e na Grande Florianópolis. A cerimônia de entrega dos prêmios ocorreu nesta terça-feira, 20 de novembro, na Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), em Florianópolis.

Esta foi a 11ª edição da Pesquisa IMPAR (Índice das Marcas de Preferência e Afinidade Regional). Realizada pela RICTV/ Record TV e o Ibope Inteligência, o estudo reconhece as marcas de maior prestígio nas categorias Estadual, Grande Florianópolis e Destaque Catarinense.

O Grupo RIC fez a entrega dos certificados para as empresas vencedoras na pesquisa. A UFSC, representada pela diretora da Agência de Comunicação (Agecom) Mayra Cajueiro Warren, recebeu o prêmio como marca estadual e da Grande Florianópolis, na categoria “Faculdade ou Universidade”.
(mais…)